ESTE BLOG FOI CRIADO EM 11 DE JANEIRO DE 2010

CONSULTE TAMBÉM O SITE: http://www.fenal.org.br

Ligue para 0800 619 619 e garanta a inclusão da PEC 555 na pauta de votações da Câmara


Ligue para 0800 619 619 e garanta a inclusão da PEC 555/2006 (fim gradativo da contribuição previdenciária dos servidores aposentados e pensionistas) na pauta de votações da Câmara
*CAMPANHA DA FRENTE NACIONAL SP PELA PREVIDÊNCIA PÚBLICA*

CARTAZ DO XXIX ENCONTRO E XI CONGRESSO DA FENALE

CARTAZ DO XXIX ENCONTRO E XI CONGRESSO DA FENALE
SÃO PAULO - 28 A 30 DE NOVEMBRO DE 2012

CARTA DE NATAL

CARTA DE NATAL

PARTICIPANTES DO XXVIII ENCONTRO DA FENALE, EM NATAL - 1

PARTICIPANTES DO XXVIII ENCONTRO DA FENALE, EM NATAL - 1

PARTICIPANTES DO XXVIII ENCONTRO DA FENALE - NATAL - RN - 2

PARTICIPANTES DO XXVIII ENCONTRO DA FENALE - NATAL - RN - 2

FUNDAÇÃO DA FENAL (HOJE FENALE)

FUNDAÇÃO DA FENAL (HOJE FENALE)
22/9/1993 - PORTO ALEGRE - RS

PRESIDENTE DA FENALE NA REUNIÃO DA FRENTE NACIONAL SP PELAS PECs 555 E 270 NA AFPESP, EM 27/6/2011

Loading...

CLIQUE NO LINK ABAIXO E VEJA AS FOTOS DO XXVI ENCONTRO DA FENALE - FLORIANÓPOLIS 2011:

ACESSE MAIS FOTOS DO XXVI ENCONTRO CLICANDO AQUI:

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

SINDALESC - Descontentamento dos servidores com a administração da Casa marcou Assembleia Geral

Os servidores do Poder Legislativo catarinense filiados ao Sindalesc lotaram o plenarinho no último dia 14 de novembro de 2012 quando foi realizada Assembleia Geral, tendo como pauta a promoção por merecimento; a alteração da Resolução 002; a terceirização na Alesc; a negociação salarial com a Mesa e as mudanças no portal do sindicato.
 
Cada um dos pontos da pauta foi discutido exaustivamente tendo em vista o clima do descontentamento dos servidores com a administração da Casa diante da postura unilateral e sem compromisso por parte do presidente da Alesc, deputado Gelson Merisio (PSD), que há oito meses (a última reunião com o Sindicato foi realizada no mês de março deste ano) deixou de receber os representantes do Sindalesc e ouvir as reivindicações da categoria.
 
Várias proposições dos filiados para sensibilizar a presidência da Casa foram destaque na Assembleia Geral, desde a paralisação por um dia; caminhada até a presidência após a Assembleia Geral e ainda, permanência diária na sala de espera do presidente até que o mesmo receba os representantes do Sindalesc. A proposta acatada por unanimidade foi a última, começando a vigília, portanto, a partir do dia 19 de novembro, a segunda-feira posterior a Assembleia Geral.
 
Segundo o presidente do Sindaldesc, Rubenvaldo da Silva, “o ano de 2012 está encerrando e o que podemos avaliar é que muitas reformas foram empreendidas na Alesc, mas poucas tiveram o mínimo de relação com a necessidade dos servidores e o compromisso com a gestão pública. Exemplo claro é a promessa não cumprida do Presidente Merisio em reduzir o número de comissionados e terceirizados e fazer novo concurso público em 2012”.
 
Outro ponto levantado na Assembleia Geral para exemplificar ação unilateral da presidência foi o ponto biométrico, um sistema de controle de frequência implantado às pressas, sem ter sido explicado de forma minimizada aos servidores e que passou por critérios de alteração no sistema, ainda em andamento, por apresentar debilidades.
 
Por outro lado, as reformas realizadas nos gabinetes parlamentares para agradar os legisladores não tiveram o mínimo de economia e foram realizadas a partir de uma necessidade pra lá de aristocrática. Salas suntuosas feitas sob medida se distinguem da média geral das residências e locais de trabalho da população, causando aos que visitam seus representantes um sentimento que mistura espanto, surpresa, desconforto e acanhamento, sem deixar de mencionar que para os olhos mais críticos a dúvida se tudo aquilo é necessário.

Para Rubenvaldo, a falta de compromisso do presidente com as demandas da Casa gerou uma série de obstáculos. “Nesse sentido, para levar adiante as nossas reivindicações e continuar nossa luta para moralizar o Poder Legislativo e resgatar seu prestígio enquanto instituição representativa na sociedade, o Sindalesc empreenderá todos os esforços para garantir que a democracia seja restabelecida no que diz respeito a negociação sindical".

A Assembleia Geral ficou em aberto aguardando o retorno das negociações com a Mesa para que na Casa do povo, ao menos o povo da Casa, seja escutado.
Para Rubenvaldo, a falta de compromisso do presidente com as demandas da Casa gerou uma série de obstáculos. “Nesse sentido, para levar adiante as nossas reivindicações e continuar nossa luta para moralizar o Poder Legislativo e resgatar seu prestígio enquanto instituição representativa na sociedade, o Sindalesc empreenderá todos os esforços para garantir que a democracia seja restabelecida no que diz respeito a negociação sindical".
A Assembleia Geral ficou em aberto aguardando o retorno das negociações com a Mesa para que na Casa do povo, ao menos o povo da Casa, seja escutado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CARTAZ OFICIAL DO XXVII ENCONTRO DA FENALE

CARTAZ OFICIAL DO XXVII ENCONTRO DA FENALE